Reconstruction

Seasons of reconstruction are hard. There is great expectation for the new work to be finished and enjoyed, but the process in itself is quite raw and surgery-like.
It takes an extensive amount of work and effort to keep our hearts and minds in check during a process of reconstruction.
Seasons of reconstruction also don’t usually arrive with a warning. Life is unexpected. And so can be the path of reconstructing areas of our lives.
We are forever changing. And as different areas in need of change start to appear within our space of awareness, reconstruction starts to take place.
We are like houses. Psychoanalytical characteristics of dreams are there to prove it. Dream of being in a house and you will know that this is a dream about your internal processes.
And when it comes to houses, reconstruction is known to be long and progressive.
If you are in a season of reconstruction, don’t rush it.
There is usually an urge to hide the mess. There is an anxiety to speed the process and have things done here and now. But we all know what happens to houses that are rebuilt too quickly. They don’t last long. Their foundations are not stable. Therefore, embrace it. Learn from it. Cry and rejoice with it, because in the end, you will be better and stronger. Your “house” will be new again.
There are a four helpful choices we need to keep at while this rebuilding takes place. Some discipline is necessary to make them work.
1. Take time.
You will need to clear your busy life in order to take down some walls. Do so. Take time to sit in the midst of the rubble and process what is happening. These are golden moments. They will hurt. But breathe them in. Take time. Don’t be hasty. You are in the process of knowing yourself and making amendments that are fundamental for your framework.
2. Guard your heart and mind.
Processes of reconstruction often can leave open gaps for traps of comparison and lack of contentment when they are neglected. We see our houses looking like a mess and walk past the shiny brand new house of the neighbour with feelings of bitterness and envy. Guard your heart and rejoice with others. Embrace your season. When your rebuilding is done, allow others to also join in rejoicing with you.
3. Ask for help.
Isolation in the midst of reconstruction generates a wound in the soul. If you’re unable to see a friend for a conversation, send a message. Make a call. Ask for help. Talk to somebody you trust. Fighting to stay open in the midst of reconstruction is extremely important. We have not been made for life in loneliness. Even if it’s just to speak and have a trusted person listen to you, it will be worthwhile.
4. Plan again.
Of course. Seasons of reconstruction do not last forever. They have a beginning and an end. By the time another one comes through, it will be in a different area. And so, spend time carefully reflecting about what will be different as a result of all that is happening at this point.
And most importantly, when you see your neighbour going through the difficult times that reconstructive work can bring, allow your learning in this season to be a source of healing for theirs.
 
 
Estações de reconstrução são difíceis. Há uma grande expectativa pra que o novo trabalho seja terminado e apreciado, mas o processo em si é bastante cru e semelhante a uma cirurgia.
É preciso uma grande quantidade de trabalho e esforço pra manter nossos corações e mentes saudáveis durante um processo de reconstrução.
Estações de reconstrução também não costumam chegar com um aviso. A vida é inesperada. E assim pode ser o caminho de reconstruir áreas de nossas vidas.
Estamos mudando sempre. E a medida que diferentes áreas que necessitam de mudança começam a aparecer dentro do nosso espaço de consciência, a reconstrução começa a tomar lugar.
Nós somos como casas. Características psicanalíticas de sonhos estão aí para provar isso. Sonhe em estar em uma casa e você vai saber que isso é um sonho sobre os seus processos internos.
E quando se trata de casas, a reconstrução é conhecida por ser longa e progressiva.
Se você está em um período de reconstrução, não se apresse.
Geralmente há um desejo de esconder a bagunça. Há uma ansiedade pra acelerar o processo e ter as coisas feitas aqui e agora. Mas todos nós sabemos o que acontece com casas que são reconstruídas muito rapidamente. Elas não duram muito tempo. Seus fundamentos não são estáveis. Portanto, abrace o processo. Aprenda com ele. Chore e se regozije com ele, porque no final, você vai ser melhor e mais forte. Sua “casa” será nova outra vez.
Existem quatro tipos de escolhas que precisam ser mantidas enquanto essa reconstrução ocorre. Disciplina é necessário pra fazê-las funcionar.
1. Tire tempo.
Você vai precisar limpar sua vida agitada, a fim de derrubar algumas paredes. Faça isso. Tire um tempo pra sentar-se no meio dos escombros e processar o que está acontecendo. Estes são momentos de ouro. Eles vão machucar. Mas respire-os. Tire um tempo. Não seja precipitado. Você está no processo de conhecer a si mesmo e fazer alterações que são fundamentais pra os seus fundamentos.
2. Guarde o seu coração e a sua mente.
Processos de reconstrução muitas vezes pode deixar lacunas abertas pra as armadilhas da comparação e falta de contentamento quando eles são negligenciados. Nós vemos as nossas casas parecendo uma bagunça e, após passar pela casa nova do vizinho, saímos com sentimentos de amargura e inveja. Guarde o seu coração e se alegre com os outros. Abrace a sua estação. Quando a sua reconstrução terminar, permita que outros juntem-se também a você, se alegrando pelo trabalho terminado.
3. Peça ajuda.
Isolamento no meio da reconstrução gera feridas na alma. Se você é incapaz de ver um amigo pra uma conversa, envie uma mensagem. Faça uma ligação. Peça ajuda. Fale com alguém que você confia. Lutar pra permanecer aberto no meio da reconstrução é extremamente importante. Nós não fomos feitos pra a vida em solidão. Mesmo que seja apenas pra falar e ter uma pessoa de confiança ouvi-lo, vai valer a Pena.
4. Planeje novamente.
Claro que sim. Estações de reconstrução não duram pra sempre. Elas têm um começo e um fim. No momento em que outra vier, será em uma área diferente. Portanto, passe tempo refletindo cuidadosamente sobre o que será diferente como resultado de tudo o que está acontecendo neste momento.
E o mais importante, quando você ver o seu vizinho passando pelos tempos difíceis que o trabalho da reconstrução pode trazer, permita que o seu aprendizado nessa estação seja uma fonte de cura pra ele.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s